terça-feira, 5 de março de 2013

Testei: Protetor Solar Bioré UV Perfect Milk SFP 50+ PA+++ (Azul)

Protetor solar da vida!!! Mentira... No final conto o porque.

Descobri esse protetor por causa do Pedro, sempre ele quando se trata de produtos asiáticos! 
É tanta informação que nem sei ao certo por onde começar... Tem tantas resenhas muito mais decentes na net, mas eis aqui minha humilde opinião:

O que é?
Um protetor solar para rosto e corpo da marca Bioré dos laboratórios Kao Corporation, muito presente em toda a Ásia.

E por que é interessante?
Porque quem tem pele oleosa sabe o quanto é complicado encontar um protetor solar que não fique melequento, colento, que não derreta ao longo do dia, que tenha alto fator de proteção e ainda por cima ajude a combater oleosidade! Milagre? Não apenas um produto ordinário de outro continente...

Falo com propriedade, porque mesmo sendo muito branca nunca usei protetor solar (salvo raras excessões em praias, aqui costumamos ir muito à rios, etc, coisa esporádica).
Quando me dei conta da necessidade e dos problemas sérios que podem decorrer da falta de uso, isso já com 20 e tantos anos, comecei a buscar algum tipo de proteção e ai começou o martírio. 
Porque protetores comuns deixam a pele com aspecto nojento, ainda mais numa cidade extremamente quente e seca como Cuiabá (me sentia um croquete).
Protetores ditos apropriados para pele oleosa, formam um filme protetor que não tem como não sentir, dão uma sensação de sufocamento e a oleosidade simplesmente brota! Um horror! 

Foi quando li sobre os protetores asiáticos e uma luz se acendeu! Corri atrás e comprei esse da resenha para começar, meio no escuro e mesmo ouvido falar tão bem sem muitas expectativas. 
Me surpreendi de uma forma indescritivel! É simplesmente m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!!!

O fator de proteção dele é 50+ o que significa que vai além disso, mas por questões de legislação do governo dos lados de lá é proibido indicar além disso (não entendo ao certo o porquê, li por cima).

PA+++ siginifica que tem alto fator de proteção UVB também (quanto mais + maior).

A textura dele é aquosa, e dentro vem com uma bolinha de metal (acredito) para misturá-lo.
Assim que você passa, ele fica com aspecto oleoso e imaginei a mesma coisa de quando testei o batom mate liquido da NYX, que não ia prestar, funcionar, secar... Mais um engano meu!

Mas se liga como ele fica inicialmente:
E uns minutinhos depois ele miraculosamente seca e fica assim:
E se mantém ao longo do dia, sequinho, matificado como se tivesse usando nada. Sério! Você não o sente na pele! Fico passando a mão no rosto o dia todo sem conseguir acreditar que é possível...
Mas ele tem umas peculiaridades...
Por ele ser muito aderente, e justamente por isso você não o sente, para retirá-lo é necessário realizar o double cleansing (ou dupla limpeza) que consiste em numa primeira etapa utilizar um óleo de limpeza e em seguida uma espuma de limpeza também. 
O processo todo no final das contas é bem gostoso quando se usa os produtos adequados, pois a pele fica limpa, fresca, sem repuxar e a espuma é uma delícia! 
Como estou sem óleo de limpeza no momento (estava usando uma amostra que acabou... snif, snif) tenho usado demaquilante bifásico + espuma Bioré (essa aqui) o que não é tão gostoso mas resolve a situação.
Agora por que cargas d'água depois de falar essas maravilhas ele ainda não é o meu protetor da vida?
Porque existe uma versão que é matificante (essa não é, e mesmo matificando não faz parte de suas funções) e sebum regulador (ou seja controlador de oleosidade) e mesmo que este dê uma sensação de oleosidade controlada, não possui essa função.
Ou seja, existem versões ainda melhores e mais apropriadas que esta que uso (e que já é excelente) para meu tipo de pele e clima! Doido não? 
Meu próximo será o Bioré UV Perfect Face Milk SFP 50+ PA+++ (tem aqui) ou Bioré UV Aqua Rich Watery Mousse Water Base SFP 50+ PA+++ (o Pedro resenhou aqui) que tem bolhas de água que estouram quando você aplica e imagino ser muito refrescante ainda mais para o calor e secura de Cuiabá!

Resumo da ópera: Amei! Amei! Amei! Mas ainda não é "O" protetor solar.


2 comentários:

  1. Que legal encontrar uma blogueira de Cuiabá e que se parece muito comigo no quesito compras....! Curto muito o blog do Pedro (atual Cosme Asia) e foi com ele, também, que conheci os protetores japoneses. Já usei o Bioré UV Perfect Face Milk (famoso branquinho) e é a coisa mais incrível que eu já vi em cosméticos... Mas como fico a maior parte do tempo em ambientes com ar condicionado, ele acaba sendo muito seco para o meu dia a dia. Gosto muito do Nivea (japonês) Protect Water Milk Mild, que conheci no blog do Nando (Vanity Pills), outra leitura obrigatória. Abraço. Ellen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellen, que legal que tenha gostado! Também peguei as dicas no blog do Pedro e depois desse do post já usei o Biore Face Milk e também e tive a mesma sensação que você, de ter deixado a pele seca demais (o que é totalmente incrível para quem tem pele oleosa no calor de Cuiabá!) ainda farei post dele. Mas agora meu atual queridinho é o Bioré Acqua Rich que parece ter umas bolinhas de água que explodem na pele e a deixa fresca, hidratada na medida e ainda segura a oleosidade! Puro amor! Se cruzar com ele pode se jogar sem medo. ;)
      Obrigada pela visita! Bjins

      Excluir